o livro é seu. eu te dedico.
"Neguito, 
Uma das melhores coisas de um relacionamento é passar a conhecer o outro nos pequenos detalhes. Sacar o outro pelo tom de voz, pelo jeito de olhar, pelos interesses…Enfim, por todas essas sutilezas que a gente menciona uma vez e nem sabe que o outro ainda lembra. Eu vi Allan Poe e lembrei de você! 
Obrigada por cada momento que dividimos. Que você encontre obscuridade somente no título deste livro. Espero que vocês se gostem!”

>Contos obscuros de Edgar Allan Poe . Edgar Allan Poe
>Enviada por Ticiana Teixeira (presente - coleção particular)
>Ela conta: Enquanto estávamos assistindo “o Corvo”, meu namorado mencionou despretensiosamente o quanto ele achava intrigante e inteligente a narrativa do Allan Poe. Nunca esqueci sua empolgação ao mencionar tal detalhe. Um dia, então, estava passando em frente a uma livraria aqui perto de casa e vi este livro do Allan Poe na vitrine. Não tinha como não comprar. 

"Neguito, 

Uma das melhores coisas de um
relacionamento é passar a conhecer
o outro nos pequenos detalhes. Sacar
o outro pelo tom de voz, pelo jeito de
olhar, pelos interesses…Enfim, por
todas essas sutilezas que a gente
menciona uma vez e nem sabe que o
outro ainda lembra. Eu vi Allan Poe
e lembrei de você!

Obrigada por cada momento que dividimos.
Que você encontre obscuridade somente
no título deste livro.
Espero que vocês se gostem!”




>Contos obscuros de Edgar Allan Poe . Edgar Allan Poe

>Enviada por Ticiana Teixeira (presente - coleção particular)

>Ela conta: Enquanto estávamos assistindo “o Corvo”, meu namorado mencionou despretensiosamente o quanto ele achava intrigante e inteligente a narrativa do Allan Poe. Nunca esqueci sua empolgação ao mencionar tal detalhe. Um dia, então, estava passando em frente a uma livraria aqui perto de casa e vi este livro do Allan Poe na vitrine. Não tinha como não comprar. 

"Para Camila, 
Uma das poucas pessoas pessoas no mundo que me fez escrever à tinta num livro.
De seu amigo Brunoque está sempre a espreita, espera
:p”>As Cem Melhores Crônicas Brasileiras . Vários Autores
>Enviada por Camila Veiga (coleção particular)
>Ela conta: Livro que faz parte da minha coleção pessoal graças ao meu amigo Bruno Fonseca.
Depois de tê-lo presenteado com O Diário de Anne Frank, com dedicatória aqui publicada, fui agraciada com essa maravilha que segundo ele é uma troca de mimos. Pra mim, mimos e elogios.

"Para Camila, 

Uma das poucas
pessoas pessoas no mundo
que me fez escrever
à tinta num livro.

De seu amigo Bruno
que está sempre a espreita,
espera

:p”




>As Cem Melhores Crônicas Brasileiras . Vários Autores

>Enviada por Camila Veiga (coleção particular)

>Ela conta: Livro que faz parte da minha coleção pessoal graças ao meu amigo Bruno Fonseca.

Depois de tê-lo presenteado com O Diário de Anne Frank, com dedicatória aqui publicada, fui agraciada com essa maravilha que segundo ele é uma troca de mimos. Pra mim, mimos e elogios.

"24/11/2013Domingo
Hoje temos o que a incerteza dos ventos indomados da vida nos proporcionou:a necessidade um do outro.
Hoje és pra mim simplesmente bem querer. Simplesmente amor…
Que os Cem sonetos do Neruda sejam para seus dias o que és para os meus:Uma linda e doce inspiração.”>Cem Sonetos de Amor . Pablo Neruda
>Enviada por Izabela Souza Braga (coleção particular)
>Ela conta: Envio em anexo as fotos do livro Cem sonetos de amor, do Pablo Neruda, que ganhei do meu namorado que se chama Gita Juan. É um livro especial, pois além de ser do Neruda, autor que nós dois adoramos, é um livro dedicado à sua amada.

"24/11/2013
Domingo

Hoje temos o que a 
incerteza dos ventos 
indomados da vida 
nos proporcionou:
a necessidade um do outro.

Hoje és pra mim 
simplesmente bem querer. 
Simplesmente amor…

Que os Cem sonetos do 
Neruda sejam para seus 
dias o que és para os meus:
Uma linda e doce inspiração.”




>Cem Sonetos de Amor . Pablo Neruda

>Enviada por Izabela Souza Braga (coleção particular)

>Ela conta: Envio em anexo as fotos do livro Cem sonetos de amor, do Pablo Neruda, que ganhei do meu namorado que se chama Gita Juan. É um livro especial, pois além de ser do Neruda, autor que nós dois adoramos, é um livro dedicado à sua amada.

"Vera, 
Procure tecer com os nossos votos um pouco de felicidade. Depois… parte, lute, volte e ainda a felicitaremos, ainda diremos: “Seja feliz”. 
O essencial é “ser feliz”. 
Jacy e Lúcia 
Ribeirão Prêto. 17.10.1971”

>Cem Anos de Solidão . Gabriel García Márquez
>Enviada por Camilla Villela (coleção particular - comprado em sebo)
>O livro é meu, presente de minha mãe que comprou em um sebo.Vera, Jacy e Lúcia não sei por onde andarão, mas tenho certeza que, de alguma forma, foram tocadas pela palavra desse mestre. 

"Vera, 

Procure tecer com os nossos votos um 
pouco de felicidade. Depois… parte, 
lute, volte e ainda a felicitaremos, 
ainda diremos: “Seja feliz”. 

O essencial é “ser feliz”. 

Jacy e Lúcia 

Ribeirão Prêto. 17.10.1971”




>Cem Anos de Solidão . Gabriel García Márquez

>Enviada por Camilla Villela (coleção particular - comprado em sebo)

>O livro é meu, presente de minha mãe que comprou em um sebo.Vera, Jacy e Lúcia não sei por onde andarão, mas tenho certeza que, de alguma forma, foram tocadas pela palavra desse mestre. 

"Não tem porque não te dar um livro que um dia vai ser nosso.
Espero ver ele na nossa biblioteca um dia. 
01/01/2014”
>O Vermelho e o Negro . Stendhal
>Enviada por anônimo (coleção particular)
>Ele conta: A dedicatória é bem simples, mas é recheada de significados. Eu encontrei o livro na biblioteca dos avós da minha ex-namorada. Ela disse que ia levar pra ela e, logo, falei “mas eu sempre te dou meus livros, por que você não dá esse pra mim?”. Brigamos e ficamos sem falar um com o outro durante um bom tempo (no ano novo) e, no final do dia, ela me entregou o livro com essas palavras. O pior é saber que, no fim das contas, o livro não vai se juntar à nossa biblioteca.

"Não tem porque não te
dar um livro que um
dia vai ser nosso.

Espero ver ele na nossa
biblioteca um dia.

01/01/2014”



>O Vermelho e o Negro . Stendhal

>Enviada por anônimo (coleção particular)

>Ele conta: A dedicatória é bem simples, mas é recheada de significados. Eu encontrei o livro na biblioteca dos avós da minha ex-namorada. Ela disse que ia levar pra ela e, logo, falei “mas eu sempre te dou meus livros, por que você não dá esse pra mim?”. Brigamos e ficamos sem falar um com o outro durante um bom tempo (no ano novo) e, no final do dia, ela me entregou o livro com essas palavras. O pior é saber que, no fim das contas, o livro não vai se juntar à nossa biblioteca.

"Bruno, espero que, de alguma forma, esse livro te morda! 
Te odeio. =)
Camila Veiga”

>O Diário de Anne Frank .Edição de Otto H. Frank e Mirjam Pressler
>Enviado por Henrique Fonseca (coleção particular)
>Ele conta: Foi presente de minha amiga Camila pra mim.

 

"Bruno,
espero que,
de alguma forma,
esse livro te morda!

Te odeio. =)

Camila Veiga”



>O Diário de Anne Frank .Edição de Otto H. Frank e Mirjam Pressler

>Enviado por Henrique Fonseca (coleção particular)

>Ele conta: Foi presente de minha amiga Camila pra mim.

 

"Este é um dos livros da minha vida, adoro dividir coisas fantásticas com as pessoas que gosto. 
Tomara que você também se divirta muito com o Don Juan! 
Feliz natal, viajante! E muito sucesso na sua trip de 2006. 
Beijos enorme,
 Nathália24/12/2005”


>The Teachings of Don Juan: A Yaqui Way of Knowledge . Carlos Castanheda
>Enviada por Thiago Saldanha (coleção particular)
>Ele conta: Livro que comprei no estante virtual. Havia várias edições desse livro, mas nessa, a descrição das condições do livro estava assim: páginas amareladas e uma dedicatória de página inteira.
Foi aí que resolvi que era esse que eu queria. Um livro com estória para além da história.  

"Este é um dos livros
da minha vida, adoro
dividir coisas fantásticas
com as pessoas que gosto.

Tomara que você também
se divirta muito
com o Don Juan!

Feliz natal, viajante!
E muito sucesso
na sua trip de 2006.

Beijos enorme,

Nathália
24/12/2005”




>The Teachings of Don Juan: A Yaqui Way of Knowledge . Carlos Castanheda

>Enviada por Thiago Saldanha (coleção particular)

>Ele conta: Livro que comprei no estante virtual. Havia várias edições desse livro, mas nessa, a descrição das condições do livro estava assim: páginas amareladas e uma dedicatória de página inteira.

Foi aí que resolvi que era esse que eu queria. Um livro com estória para além da história.  

"Para: Bruna,
O primeiro presente que seu pai e eu compramos para você foi uma mala, em nossa viagem à Argentina.
De cor neutra, pequena, couro de vaca. Interessante, assim que compramos ela já começou a carregar sonhos, planos. Será que vai ser menino ou menina? Lembro-me com que alegria ela era arrumada para nossas viagens de Arcos para Córrego Danta. ‘Como vai ficar linda com essas roupinhas, essa é para aniversários, festas, frio, calor, presentes de tantos que amariam você’. Malinha pra lá e malinha pra cá você cresceu. Agora, outra mala imaginária e real eu preparei pra você, como vai descobrir ao ler este livro. Viagens, idas e voltas, ao fazer e desfazer malas, em um lugar qualquer de sua bagagem, você vai encontrar sempre, o meu amor por você. Eternamente, sua mãe, Marta”
>Para minha Filha que Cresceu . Lidia Maria Riba
>Enviada por Bruna Leão (coleção particular)
>Ela conta: Marta é minha mãe. Ganhei esse livro lindo com a melhor dedicatória que uma filha poderia receber.

"Para: Bruna,

O primeiro presente que seu pai e eu
compramos para você foi uma mala,
em nossa viagem à Argentina.

De cor neutra, pequena, couro de vaca.
Interessante, assim que compramos ela já
começou a carregar sonhos, planos. Será
que vai ser menino ou menina? Lembro-me com que
alegria ela era arrumada para nossas
viagens de Arcos para Córrego Danta. ‘Como vai
ficar linda com essas roupinhas, essa é
para aniversários, festas, frio, calor, presentes
de tantos que amariam você’. Malinha
pra lá e malinha pra cá você cresceu. Agora, outra
mala imaginária e real eu preparei pra
você, como vai descobrir ao ler este livro.

Viagens, idas e voltas, ao fazer e desfazer
malas, em um lugar qualquer de sua
bagagem, você vai encontrar sempre, o meu
amor por você. Eternamente, sua mãe,
Marta”


>Para minha Filha que Cresceu . Lidia Maria Riba

>Enviada por Bruna Leão (coleção particular)

>Ela conta: Marta é minha mãe. Ganhei esse livro lindo com a melhor dedicatória que uma filha poderia receber.

"Leandro,
O caminho da solidão deve ser breve, ainda que necessário, breve.
Que você encontre, neste ou no outro plano o seu sentido de ser.
Grande abraço.
Glauco Geremias
21-03-2014”>1Q84 - Livro 1 . Haruki Murakami
>Enviada por Leandro Siviero (coleção particular)
>Ele conta: Recebi o livro 1Q84 do Haruki Murakami, de meu amigo Glauco Geremias, cuja dedicatória é de fato o maior presente, via correio, após ter me mudado de estado, deixando amigos e família para trás em uma jornada solitária. 

"Leandro,

O caminho da solidão deve ser breve,
ainda que necessário, breve.

Que você encontre, neste ou no
outro plano o seu sentido de ser.

Grande abraço.

Glauco Geremias

21-03-2014”




>1Q84 - Livro 1 . Haruki Murakami

>Enviada por Leandro Siviero (coleção particular)

>Ele conta: Recebi o livro 1Q84 do Haruki Murakami, de meu amigo Glauco Geremias, cuja dedicatória é de fato o maior presente, via correio, após ter me mudado de estado, deixando amigos e família para trás em uma jornada solitária. 

"Ao nosso filho maravilhoso que amamos muito, uma lembrança para o início de sua biblioteca. 
Agora que já sabe ler, esperamos que aproveite cada livro como uma viagem e seja sempre seu grande companheiro. 
Seus pais, Nadia e Angelo.
22/06/97”
>A Árvore Generosa . Shel Silverstein . Texto em português: Fernando Sabino
>Enviada por Bruno Viggiano (coleção particular)
>Ele conta: Ganhei esse livro logo que comecei a mostrar interesse pela leitura. Meus pais são responsáveis diretos pelo meu amor por livros, desde a escolha da escola em que estudei ao incentivo dentro de casa para encontrar no livro um amigo. Esse livro com certeza será um item muito especial na biblioteca que um dia eles imaginaram e que hoje eu sonho em ter. 

"Ao nosso filho maravilhoso
que amamos muito, uma lembrança
para o início de sua biblioteca. 

Agora que já sabe ler, esperamos que
aproveite cada livro como uma viagem e seja
sempre seu grande companheiro. 

Seus pais,
Nadia e Angelo.

22/06/97”



>A Árvore Generosa . Shel Silverstein . Texto em português: Fernando Sabino

>Enviada por Bruno Viggiano (coleção particular)

>Ele conta: Ganhei esse livro logo que comecei a mostrar interesse pela leitura. Meus pais são responsáveis diretos pelo meu amor por livros, desde a escolha da escola em que estudei ao incentivo dentro de casa para encontrar no livro um amigo. Esse livro com certeza será um item muito especial na biblioteca que um dia eles imaginaram e que hoje eu sonho em ter.