o livro é seu. eu te dedico.
"Para que você possa começar a trilhar os caminhos literários que transformaram Chris em Alex Supertramp. Que você possa provar, com ajuda dessas páginas, da fonte do auto conhecimento ou da busca dele tal como ele.De quem lhe quer bem,Lari/2013”>Livro Walden - H. D. Thoreau
>Enviada por Raul Nascimento (coleção particular)
>Ele conta: A Lari foi minha namorada por 4 anos, e depois de erros e acertos, nosso tempo juntos terminou. Mas isso não impediu que continuássemos tendo um carinho muito grande um pelo outro.No meu aniversário desse ano, ela me deu esse livro, sabendo da minha admiração pelo Chris/Alex e por toda sua história e da minha busca por ter uma jornada parecida.

"Para que você possa começar a
trilhar os caminhos literários
que transformaram Chris em Alex
Supertramp. Que você possa provar, com
ajuda dessas páginas, da fonte do
auto conhecimento ou da busca dele
tal como ele.

De quem lhe quer bem,
Lari/2013”



>Livro Walden - H. D. Thoreau

>Enviada por Raul Nascimento (coleção particular)

>Ele conta: A Lari foi minha namorada por 4 anos, e depois de erros e acertos, nosso tempo juntos terminou. Mas isso não impediu que continuássemos tendo um carinho muito grande um pelo outro.
No meu aniversário desse ano, ela me deu esse livro, sabendo da minha admiração pelo Chris/Alex e por toda sua história e da minha busca por ter uma jornada parecida.

Beth Ann!Esse livro me lembra duplamente de você: pelo tema ser nossa área de interseção em questão de gosto poético e por ter sido editado pela prima pobre, vulgo UNICAMP, lugar em que nos conhecemos e do qual você é minha melhor lembrança (ainda que seguida de perto pelo café-com-leite gigante a R$ 1,50).Os haikais japoneses não são meus  preferidos (acho que eles perdem um pouco com a tradução). Mas como essa edição é bilíngue, ganha outra beleza que é a dos caracteres japoneses. Na pior das hipóteses, espero que goste pelo menos do apêndice sobre o Paulo Leminski.Ah! Dá quase para ouvir suas expectativas ruindo. Será que você esperava aquela biografia dos Smiths? Bem, na pior das hipóteses, tomara que a decepção te inspire um haikai.Márcio”
>Haikai - Antologia e História . Paulo Franchetti e Elza Taeko Doi
>Enviada por Bethânia Mariano (coleção particular)
>Ela conta: Recebi este livro pelo correio. Quem me enviou foi um amigo que conheci em um encontro de estudantes de Letras, e desde então nos encontramos todos os anos.

Beth Ann!

Esse livro me lembra duplamente de
você: pelo tema ser nossa área de interseção
em questão de gosto poético e por
ter sido editado pela prima pobre, vulgo
UNICAMP, lugar em que nos conhecemos
e do qual você é minha melhor lembrança
(ainda que seguida de perto pelo
café-com-leite gigante a R$ 1,50).

Os haikais japoneses não são meus
preferidos (acho que eles perdem um pouco
com a tradução). Mas como essa edição
é bilíngue, ganha outra beleza que é a
dos caracteres japoneses. Na pior das hipóteses,
espero que goste pelo menos do apêndice
sobre o Paulo Leminski.

Ah! Dá quase para ouvir suas expectativas
ruindo. Será que você esperava aquela
biografia dos Smiths? Bem, na pior das
hipóteses, tomara que a decepção te
inspire um haikai.

Márcio”


>Haikai - Antologia e História . Paulo Franchetti e Elza Taeko Doi

>Enviada por Bethânia Mariano (coleção particular)

>Ela conta: Recebi este livro pelo correio. Quem me enviou foi um amigo que conheci em um encontro de estudantes de Letras, e desde então nos encontramos todos os anos.




"Para Mariana.
Espero que goste dos textose que eles envelheçam bemneste livro.
Beijos,Juliana4.04.2013”
>Já Matei por Menos . Juliana Cunha
>Enviada por Mariana G. (coleção particular)
>Ela conta: Gosto muito do blog da Juliana Cunha e adorei saber que alguns dos textos que estão lá também poderiam ser lidos no papel. Comprei o livro por Internet e fiz questão de pedir uma dedicatória.

"Para Mariana.

Espero que goste dos textos
e que eles envelheçam bem
neste livro.

Beijos,
Juliana
4.04.2013”


>Já Matei por Menos . Juliana Cunha

>Enviada por Mariana G. (coleção particular)

>Ela conta: Gosto muito do blog da Juliana Cunha e adorei saber que alguns dos textos que estão lá também poderiam ser lidos no papel. Comprei o livro por Internet e fiz questão de pedir uma dedicatória.

"O melhor presente é sempre aquele dado a alguém que saberá aproveitá-lo. Seu gosto pelos livros é uma virtude e um privilégio, uma vez que eles transportam quem os lê a lugares que não se poderia chegar de outra forma.Que em suas viagens pelo Velho Continente, você alcance tantos prazeres quanto os que existem na fantasia da leitura.Esteja sempre curiosa para encontrar a felicidade em cada nova descoberta.Lucas15.02.13”
>Elogio da Madrasta . Mario Vargas Llosa
>Enviada por: Gabriela Sarmento (coleção particular)
>Ela conta: Ganhei esse livro de um amigo meu, numa prova viva que existem correntes boas no Facebook, a Corrente da Leitura!

"O melhor presente é sempre aquele
dado a alguém que saberá aproveitá-lo.

Seu gosto pelos livros é uma virtude e
um privilégio, uma vez que eles transportam
quem os lê a lugares que não se poderia
chegar de outra forma.

Que em suas viagens pelo Velho Continente,
você alcance tantos prazeres quanto os
que existem na fantasia da leitura.

Esteja sempre curiosa para encontrar
a felicidade em cada nova descoberta.

Lucas
15.02.13”



>Elogio da Madrasta . Mario Vargas Llosa

>Enviada por: Gabriela Sarmento (coleção particular)

>Ela conta: Ganhei esse livro de um amigo meu, numa prova viva que existem correntes boas no Facebook, a Corrente da Leitura!

"19/07/13Para Vanessa,
Por todo o carinho que me foi entregue, devolvo hoje, em letras, qualquer coisa doce que te faça sorrir bonito.
Que não nos falte AMOR!
Beijo, Jaya”

>Líricas . Jaya Magalhães
>Enviada por Vanessa Ferreira (coleção particular)
>Ela conta: Comprei esse livro da própria autora, que acompanho desde os tempos de blog (http://liricass.blogspot.com.br/). E assim como tudo que tem dentro dele… a dedicatória é um encanto.

"19/07/13

Para Vanessa,

Por todo o carinho que me foi
entregue, devolvo hoje, em
letras, qualquer coisa doce
que te faça sorrir bonito.

Que não nos falte
AMOR!

Beijo, Jaya”



>Líricas . Jaya Magalhães

>Enviada por Vanessa Ferreira (coleção particular)

>Ela conta: Comprei esse livro da própria autora, que acompanho desde os tempos de blog (http://liricass.blogspot.com.br/). E assim como tudo que tem dentro dele… a dedicatória é um encanto.

"Lembra daquela primeira dedicatória, daquele primeiro livro?Então… O tempo passou, mas aquele sentimento continua.Estou começando a perceber que ele nunca vai passar, pois há sempre algo em você que desejo encontrar.Há sempre algo que me instiga a procurar e conhecer sempre mais.E que, assim como este livro, que esse sentimento não tenhaprazo de validade, seja eterno enquanto dure.Assim como quando se compra um livro se espera que elete acompanhe para o resto da vida, você lê e relê para sempre.Conhecer você foi como adquirir um livro, um livro que quero ler e reler para sempre.”>Toda Poesia . Paulo Leminski
>Enviada por anônima (coleção particular)

"Lembra daquela primeira dedicatória, daquele primeiro livro?
Então…
O tempo passou, mas aquele sentimento continua.
Estou começando a perceber que ele nunca vai passar,
pois há sempre algo em você que desejo encontrar.
Há sempre algo que me instiga a procurar e conhecer sempre mais.
E que, assim como este livro, que esse sentimento não tenha
prazo de validade, seja eterno enquanto dure.

Assim como quando se compra um livro se espera que ele
te acompanhe para o resto da vida, você lê e relê para sempre.

Conhecer você foi como adquirir um livro, um livro que
quero ler e reler para sempre.”



>Toda Poesia . Paulo Leminski

>Enviada por anônima (coleção particular)

"Parceira,
aperfeiçoa-te na artede ser você mesmae nenhum reflexote enganará

Cuide-see continue.
f
Num Pôr-do-soldesses.”

>Caminho da Autotransformação . Eva Pierrakos>Enviada por Carolina Bergier  (coleção particular)>Ela conta: Depois de um processo intenso de transformação pessoal, foi num retiro, que a gente se comunicou pela primeira vez, abençoados pelo sol que se despedia por detrás na silhueta da Terra. Palavras confusamente compreensíveis se estabeleceram como nossa dinâmica. No dia seguinte, eu estava em silêncio. Ele me pediu pra contar um segredo pra ele. Meus olhos contaram vários. Coisas que nem eu mesma sabia sobre mim. Ele entendeu tudo. E, de presente, me deu esse livro. O processo de transformação continua. Eternamente.

"Parceira,

aperfeiçoa-te na arte
de ser você mesma
e nenhum reflexo
te enganará

Cuide-se
e continue.

f

Num Pôr-do-sol
desses.”


>Caminho da Autotransformação . Eva Pierrakos

>Enviada por Carolina Bergier  (coleção particular)

>Ela conta: Depois de um processo intenso de transformação pessoal, foi num retiro, que a gente se comunicou pela primeira vez, abençoados pelo sol que se despedia por detrás na silhueta da Terra. Palavras confusamente compreensíveis se estabeleceram como nossa dinâmica.

No dia seguinte, eu estava em silêncio. Ele me pediu pra contar um segredo pra ele. Meus olhos contaram vários. Coisas que nem eu mesma sabia sobre mim. Ele entendeu tudo. E, de presente, me deu esse livro. O processo de transformação continua. Eternamente.

"Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem desaparecido todos os meus amores, mas enlouqueceria se desaparecessem os meus amigos! Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências…Alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem… Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida. 

Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar.A gente não faz amigos, reconhece-os.Te amo,Rodolfo”>Para Viver um Grande Amor . Vinicius de Moraes
>Enviada por Julia Spinicci (coleção particular)
>Ela conta: Meu amigo, Rodolfo, me deu esse livro de presente de aniversário de 17 anos.

"Eu poderia suportar, embora não sem dor,
que tivessem desaparecido todos os meus amores,
mas enlouqueceria se desaparecessem os meus amigos!

Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos
e o quanto minha vida depende de suas existências…

Alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem…
Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.

Mas, porque não os procuro com assiduidade,
não posso lhes dizer o quanto gosto deles.
Eles não iriam acreditar.


A gente não faz amigos, reconhece-os.

Te amo,
Rodolfo”




>Para Viver um Grande Amor . Vinicius de Moraes

>Enviada por Julia Spinicci (coleção particular)

>Ela conta: Meu amigo, Rodolfo, me deu esse livro de presente de aniversário de 17 anos.

"Querida vovó,A senhora, que sempre me presenteou com livros e lindas palavras agora recebe de mim, sua neta mais velha (e única!) um exemplar de minha coleção particular. Este livro me trouxe grandes reflexões e espero que traga a você também.Com imenso carinho e atraso:Feliz Dia das Mães!Elena Yoshie J VeríssimoP.s.: Espero que o cheiro de livro velho não incomode. É de sebo!P.p.s.: …Nem os erros de grafia!”>Sidarta . Hermann Hesse
>Enviada por Elena Veríssimo
>Ela conta: Minha avó sempre me deu livros desde que eu era criança. Me inspirei ao ler tantas dedicatórias no site e resolvi fazer uma dedicatória para a pessoa que mais me escreveu a minha vida toda. Minha avó. É um presente de Dia das Mães, que não passei com ela, mas espero que o presente compense, porque é de coração.

"Querida vovó,

A senhora, que sempre me presenteou
com livros e lindas palavras
agora recebe de mim,
sua neta mais velha (e única!)
um exemplar de minha coleção
particular. Este livro me trouxe
grandes reflexões e espero que
traga a você também.

Com imenso carinho e atraso:
Feliz Dia das Mães!

Elena Yoshie J Veríssimo

P.s.: Espero que o cheiro de livro velho não incomode. É de sebo!
P.p.s.: …Nem os erros de grafia!”


>Sidarta . Hermann Hesse

>Enviada por Elena Veríssimo

>Ela conta: Minha avó sempre me deu livros desde que eu era criança. Me inspirei ao ler tantas dedicatórias no site e resolvi fazer uma dedicatória para a pessoa que mais me escreveu a minha vida toda. Minha avó. É um presente de Dia das Mães, que não passei com ela, mas espero que o presente compense, porque é de coração.

"Vamos transformar as pedras do nosso caminho em flores e iluminar cada canto escuro do nosso passado para que haja somente presente e futuro. Ao final disso, transformaremos nossas vidas em amor e então caberemos  onde quisermos.Te amo. Do seu amor, Jeander.”>Manoel de Barros - Poesia completa 
>Enviada por Ana Paula Miola (coleção particular)
>Ela conta: Ganhei essa obra de um menino com olhos de passarinho, que escreveu essa dedicatória poética na página que contém o poema que sempre lhe dediquei. Ganhei esse pequeno imenso mimo do menino que desejo estar sempre perto, compartilhando a vida, a poesia e o amor que tá no fundo do peito, guardado pra ele. Ganhei essa obra num momento de redescoberta do nosso amor, do nosso querer, do nosso sentir. Que ela venha, então, pra dar cor ao nosso futuro somente rascunhado.

"Vamos transformar as pedras do nosso
caminho em flores e iluminar cada canto
escuro do nosso passado para que haja somente
presente e futuro. Ao final disso, transformaremos
nossas vidas em amor e então caberemos
onde quisermos.
Te amo.

Do seu amor,
Jeander.”


>Manoel de Barros - Poesia completa 

>Enviada por Ana Paula Miola (coleção particular)

>Ela conta: Ganhei essa obra de um menino com olhos de passarinho, que escreveu essa dedicatória poética na página que contém o poema que sempre lhe dediquei. Ganhei esse pequeno imenso mimo do menino que desejo estar sempre perto, compartilhando a vida, a poesia e o amor que tá no fundo do peito, guardado pra ele. Ganhei essa obra num momento de redescoberta do nosso amor, do nosso querer, do nosso sentir. Que ela venha, então, pra dar cor ao nosso futuro somente rascunhado.